12.2.16

O Sonho e a Fronha

Sonho risonho na fronha de linho.
Na fronha de linho,
a flor sem espinho.
Apanho a lenha
para o vizinho.
E encontro o ninho
de passarinho.

De que tamanho seria o rebanho?
Não há quem venha
pela montanha
com a minha sombrinha
de teia de aranha?

Sonho o meu sonho.
A flor sem espinho
também sonha na fronha.
Na fronha de linho.
som

2 comentários:

Cláudia Brino disse...

Para lá de criativo!
Adorei...
o blog todo é de uma inspiração deliciosa de viajar.
Cláudia Brino

Helena Maria disse...

obrigada :)